Texto Original



LEI Nº 17.657, DE 10 DE JANEIRO DE 2022.

 

Institui o Plano Estadual de Juventude e Sucessão Rural e dá outras providências.

 

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE PERNAMBUCO:

Faço saber que tendo em vista o disposto nos §§ 6º e 8º do art. 23, da Constituição do Estado, o Poder Legislativo decreta e eu promulgo a seguinte Lei:

 

          Art. 1º Fica instituído o Plano Estadual de Juventude e Sucessão Rural, com o objetivo de orientar, integrar e articular políticas, ações e programas voltados para o acesso aos direitos da juventude do campo e a promoção da sucessão rural.

 

          Art. 2º Para efeitos desta Lei, considera-se:

 

          I - juventude rural: segmento social composto por jovens rurais da agricultura familiar com idade entre 15 e 29 anos, conforme estabelecido pela Lei Federal nº 12.852, de 5 de agosto de 2013 e pela Lei Federal nº 11.326, de 24 de julho de 2006; e,

 

          II - sucessão rural: dinâmica social de sucessão intergeracional entre os componentes do estabelecimento rural da agricultura familiar.

 

          Art. 3º São diretrizes do Plano Estadual de Juventude e Sucessão Rural:

 

          I - o acesso aos direitos individuais, sociais e acesso a serviços públicos à juventude rural, incluindo esporte, lazer e cultura;

 

          II - o acesso às atividades produtivas com geração de renda e promoção do desenvolvimento sustentável e solidário;

 

          III - estímulo e fortalecimento das redes da juventude nos territórios rurais; e,

 

          IV - valorização da individualidade e diversidade da juventude rural.

 

          Art. 4º São objetivos do Plano Estadual de Juventude e Sucessão Rural:

 

          I - promover ações que possibilitem a permanência da juventude rural e que concorram para a sucessão rural;

         

          II - propiciar o acesso a terra e a oportunidades de trabalho e renda; e,

 

          III - ampliar e qualificar a participação da juventude rural nos espaços decisórios de negociação e debate, instâncias de controle e representação social e popular, que forem instituídas para elaborar, implementar e monitorar a execução das ações prevista nesta política.

 

          Art. 5º O Plano Estadual de Juventude e Sucessão Rural será decenal, com revisões, no mínimo, a cada quatro anos.

 

          Art. 6º Caberá ao Poder Executivo regulamentar a presente Lei em todos os aspectos necessários para a sua efetiva aplicação.

 

          Art. 7º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

 

          Palácio Joaquim Nabuco, Recife, 10 de janeiro do ano de 2022, 205º da Revolução Republicana Constitucionalista e 200º da Independência do Brasil.

 

ERIBERTO MEDEIROS

Presidente

 

O PROJETO QUE ORIGINOU ESTA LEI É DE AUTORIA DO DEPUTADO DORIEL BARROS - PT.

Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial do Estado.